Gilvan de Souza / Flamengo
Gilvan de Souza / Flamengo

Gol decisivo pode levar Paquetá a atuar como centroavante no Flamengo na quarta

Maurício Barbieri tem revezado Henrique Dourado, Uribe e Lincoln na posição, mas nenhum se firmou

Estadão Conteúdo

24 de setembro de 2018 | 09h14

Lucas Paquetá é meia, mas deu uma demonstração da sua polivalência ao marcar um típico gol de centroavante no último domingo, definindo a vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre o Atlético Mineiro, no Maracanã, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. E o gol pode aumentar o coro para mudar o posicionamento em campo do polivalente jogador, especialmente visando o duelo de quarta-feira com o Corinthians, em São Paulo, pelas semifinais da Copa do Brasil.

Após os times não saírem do 0 a 0 no Maracanã, no duelo de ida, o Flamengo precisa de uma vitória na Arena Corinthians para se garantir na decisão do torneio nacional. E em busca de gols, o time tem esbarrado na má fase dos seus centroavantes, o que tem levado o técnico Maurício Barbieri a revezar Henrique Dourado, Uribe e até o jovem Lincoln na função.

Nenhum deles, porém, tem dado conta do recado, tanto que o último gol de um centroavante pelo Flamengo saiu em 12 de agosto, em partida contra o Cruzeiro, sendo marcado por Henrique Dourado. Diante desse cenário, Lucas Paquetá se coloca à disposição de Barbieri para atuar mais avançado.

"É uma função que já fazia na base e que me sinto mais à vontade. É o Barbieri que escolhe o melhor para o Flamengo. Fiquei feliz ajudando com um gol e com a vitória. Todos sabem que me coloco à disposição para o professor e, onde ele achar melhor, posso atuar para dar o meu melhor em busca do resultado positivo", disse o camisa 11 flamenguista.

Barbieri, por sua vez, evitou adiantar como pretende escalar o Flamengo no decisivo confronto com o Corinthians. "A gente tem várias opções para quarta-feira, saindo daqui vou analisar o Corinthians e focar no adversário. Depois que os jogadores se recuperarem, ai sim eu vou poder escolher quem vai iniciar. Mas lembrando, as escolhas sempre serão feitas de acordo com o que for melhor para a equipe", comentou.

Um retorno certo é o de Diego, que cumpriu suspensão automática no duelo com o Atlético-MG, pela expulsão no clássico com o Vasco. Barbieri celebrou a volta do meia e agora vai avaliar quem deixará o time na quarta-feira, em uma troca que reforça a possibilidade de o Flamengo atuar com Paquetá como centroavante contra o Corinthians.

"O Diego é importante e fundamental. Ficamos felizes em poder contar com ele na quarta. Não vou adiantar qual será o time, mas precisamos analisar os fatores e as circunstâncias para poder definir. Vamos analisar o Corinthians e a partir de então escolher a melhor equipe para quarta-feira", comentou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.