Gol no clássico devolveu confiança a Alex Dias

Era tudo o que o Alex Dias precisava para recuperar a confiança. Depois de nove jogos sem fazer gols, o atacante marcou o segundo, na vitória por 3 a 1 sobre o Corinthians, domingo, e garante que está pronto para outra boa atuação, nesta terça, contra o Estudiantes, na Argentina, pela Libertadores. ?Fazer um gol é sempre importante e dá moral, ainda mais contra o Corinthians?, comentou. ?Especialmente para mim, que não vinha sendo titular e precisava voltar a jogar bem.? E a fase de Alex Dias não era das melhores. No Estadual, o atacante começou bem, foi titular e jogou bem contra o Palmeiras - vitória por 4 a 2 -, mas aos poucos caiu de produção. Contra o Noroeste, perdeu vários gols - o time só empatou, por 1 a 1 - e perdeu a posição. ?O futebol é assim mesmo: joguei bem e fiquei 12 partidas invicto, mas errei quando não podia e saí da equipe?, observa. ?E no São Paulo vai ser sempre assim, disputaremos duas competições simultâneas e o elenco conta com muitos atacantes de qualidade.? Mesmo em baixa, Alex Dias não perdeu a esperança de voltar a brilhar. ?Nunca pensei em sair do São Paulo, estou no clube que eu amo, desde criança?, contou. ?Agora que ganhei nova chance, quero fazer um grande jogo na Argentina e voltar de lá com um bom resultado.? Pressão Apesar de jamais ter enfrentado equipes argentinas, Alex tem certeza que o São Paulo terá dificuldades diante do Estudiantes. ?Eles tentarão nos pressionar, como fizeram contra o Goiás?, lembrou, sobre a derrota do time brasileiro por 2 a 0, nas oitavas-de-final. ?Mas não podemos deixar que tomem conta do jogo. Precisamos aproveitar os contra-ataques.? Para Alex Dias, a catimba dos adversários não assusta os são-paulinos. ?A rivalidade faz parte, mas temos de impor nosso jogo?, observou, sem se assustar com o retrospecto do rival - ganhou os quatro jogos em casa na Libertadores. ?Os argentinos têm qualidade, mas há times até melhores que os deles, como o Chivas, que ganhou do São Paulo na primeira fase.?

Agencia Estado,

08 Maio 2006 | 19h02

Mais conteúdo sobre:
libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.