Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Gol no fim da partida irrita santistas

Com o empate cedido no final do jogo, o Santos perdeu a oportunidade de encostar no líder Cruzeiro. E os jogadores saíram lamentando a falta de atenção. ?Não foi por falta de aviso, o professor Leão conversou com a gente, advertindo sobre as jogadas de bola parada em nossas costas e foi assim que surgiu o gol do empate do Atlético-MG", disse o zagueiro André Luís, que completou. ?Estamos pecando por falta de atenção. O Luís Alberto estava sozinho nas minhas costas e cabeceou e fez o gol no nosso erro." Léo deixou o campo com o braço inchado e informou que ia para um hospital para fazer uma radiografia. ?Estou com essa luxação desde o primeiro tempo e vou ver agora como está.? O lateral também não estava satisfeito com o empate. ?É preciso manter a determinação durante o jogo todo; corremos, viramos o placar e, numa infelicidade, a gente marcou a bola alçada na área e esqueceu o homem." Mas elogiou a determinação do time. ?Saímos de uma derrota de 2 a 0 para um time forte como o Atlético com um jogador a menos e isso não é fácil.? O goleiro Fábio Costa comentou que faltou vibração no primeiro tempo, em que seu time não reagiu à pressão do adversário. ?Precisamos mudar nosso comportamento no primeiro tempo, porque é complicado sair atrás do resultado no segundo tempo, como já tinha acontecido na partida contra o Grêmio.? Leão lamentou o terceiro gol do Atlético. ?Foi um gol de golfe, a bola saiu de um campo para outro e dava para ter feito muita coisa.? Ele estava também preocupado com dois desfalques certos para o jogo contra o Paraná: Robinho e Nenê. Disse que iria conferir os cartões amarelos para saber se não poderá contar com algum outro atleta e espera o diagnóstico da contusão de Léo. Elano, que havia desperdiçado oportunidades de gol no primeiro tempo, marcou dois no segundo. ?Eu havia falado que no primeiro tempo perdi chances, mas tinha mais 45 minutos para fazer os gols e fiz dois.? Do lado do Atlético, o empate foi considerado bom resultado, apesar de ter saído com vantagem de dois gols no primeiro tempo. Para Luís Alberto, autor do gol de empate, seu time poderia ter saído com a vitória. ?O empate teve um sabor de derrota, mas o pontinho ganho também foi bom.?

Agencia Estado,

07 de agosto de 2003 | 00h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.