Gol no sufoco de Danilinho deixa Brasil perto da Olimpíada

Um gol salvador de Danilinho, aos 45 minutos do segundo tempo, deixou o Brasil a uma simples vitória da Olimpíada de Pequim. Nesta quinta-feira, o time sub-20 bateu o Paraguai por 1 a 0, no sufoco, e assumiu a liderança do hexagonal decisivo do Campeonato Sul-Americano da categoria.Com o resultado, a seleção manteve a invencibilidade na competição e foi a oito pontos, contra sete do Uruguai, seis do Chile (cinco gols de saldo) e seis da Argentina (um de saldo). Apenas os dois primeiros garantem vaga nos Jogos de 2008. Os quatro melhores vão ao Mundial da categoria, ainda neste ano, no Canadá - o Brasil já está classificado.Basta uma vitória sobre a já eliminada Colômbia, domingo, em Assunção, para que a seleção brasileira volte a disputar uma Olimpíada, o que não acontece desde 2000, em Sydney. Em 2004, a badalada geração de Diego e Robinho não conseguiu carimbar passaporte para Atenas. O problema é que Alexandre Pato, maior destaque do time atual, está fora, suspenso por dois cartões amarelos.Como já vem sendo de praxe neste Sul-Americano, o Brasil venceu no sufoco e contou com a sorte. Foi o terceiro triunfo conquistado com gol depois dos 40 minutos do segundo tempo - os outros dois foram contra Paraguai e Peru, ainda na primeira fase. Além disso, a seleção conseguiu aproveitar o vacilo de seus concorrentes na rodada. O Uruguai arrancou um empate com o Chile por 1 a 1 no último minuto de jogo e Argentina e Colômbia ficaram no 0 a 0.A noite começou a se tornar dramática com a expulsão do zagueiro David, aos 34 minutos do primeiro tempo, depois de receber dois amarelos. Ainda assim, Willian levou perigo ao acertar a trave. No último minuto, o Paraguai retribuiu o presente: Montiel agarrou Lucas e também foi para o vestiário mais cedo.A seleção pressionou durante todo o segundo tempo, mas parava na má pontaria e no goleiro Fernandez. O Paraguai também criou boas chances, salvas pelo eficiente goleiro Casio. Até que, aos 45 minutos, Danilinho, que havia entrado no lugar de Tchô, acertou uma bomba de fora da área e salvou o futebol brasileiro.Ficha técnica:Brasil 1 x 0 ParaguaiBrasil - Cássio; Fágner, David, Eliezio e Amaral; Roberto, Lucas, Tchô (Danilinho) e Willian (Fabiano Oliveira); Alexandre Pato (Luiz Adriano) e Edgar. Técnico: Nelson Rodrigues.Paraguai - Fernández; Noguera, Aguilar, Bareiro e Salinas; Cáceres, Amarilla (Bogado), Montiel e González; Acuña (J. Benítez) e Benítez (Estigarribia). Técnico: Ernesto Mastrángelo.Gol - Danilinho, aos 45 minutos do segundo tempo. Árbitro - Roberto Silvera (URU). Cartões amarelos - David, Eliezio, Montiel, Noguera, Alexandre Pato, Amaral e Fágner. Cartão vermelho - David e Montiel. Local - Estádio Defensores del Chaco, em Assunção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.