Gol nos acréscimos dá vaga ao Guarani

Com um gol do zagueiro Paulo André aos 49 minutos do segundo tempo, o Guarani venceu o Crac, de Catalão-GO, de virada, por 2 a 1, nesta quinta-feira à noite, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, espantando a zebra e passando à segunda fase da Copa do Brasil. No jogo de ida, em Catalão-GO, houve empate sem gols e o time campineiro só dependia de uma vitória simples para seguir adiante na competição. Na segunda fase, vai enfrentar o Santa Cruz.O desenho tático do primeiro tempo saiu como esperado. O Guarani, em casa, tomou as iniciativas ofensivas, diante de um adversário encolhido, preocupado em se defender na espera de um contra-ataque mortal. O time campineiro dominou as ações, mas sem criatividade no meio campo e ineficiente nas finalizações. O goleiro do time goiano, Dênis, apenas defendeu bolas chutadas de longe.O contrário aconteceu com o bugrino Jean, que praticou duas grandes defesas. Uma delas num chute forte de Sandro Oliveira e outra numa cabeça à queima roupa de Cris.O inesperado aconteceu aos 42 minutos, quando houve um levantamento para a área, o zagueiro João Leonardo não cortou e Sandro Oliveira pode dominar no peito e bateu forte: 1 a 0. A defesa alegou que o gol teria sido irregular porque o atacante teria ajeitado a bola no braço.No segundo tempo, o Guarani voltou nervoso, mais do que nunca precisando marcar dois gols para virar o placar. O técnico Jair Picerni sacrificou o volante Careca para a entrada do centroavante Nilson Sergipano, colocando seu time no ataque. Apesar de ter criado algumas chances na base do desespero e da insistência nos jogo aéreo, o Guarani não conseguiu empatar. E quase sofreu mais gols no contra-ataque.Nos últimos 15 minutos, bastante cansado, o time goiano só se defendeu, mas sofreu o empate aos 42 minutos, quando Tucho cobrou pênalti cometido por Vitor sobre Adauto. Na base da pressão total, o Guarani chegou à vitória. Aos 45 minutos, o goleiro Jean cabeceou uma bola no travessão de Dênis. Depois de cinco escanteios seguidos, o Guarani chegou ao empate com uma cabeçada do zagueiro Paulo André, já nos acréscimos.O time campineiro agora volta ao Campeonato Paulista, recebendo, domingo, a Portuguesa Santista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.