Gol recupera Washington no Palmeiras

Foi um gol muito comemorado o de Washington, aos 21 minutos do segundo tempo, que deu a vitória ao Palmeiras por 1 a 0, neste domingo, no Palestra Itália. Ele correu para perto da trave, ajoelhou-se, recebeu a avalanche de companheiros e, depois de levantar-se, ainda vibrava. Depois, correu pela lateral do campo até chegar ao meio, onde o Atlético já se preparava para a nova saída."Foi um gol divino. Um gol que vai me ajudar muito a recuperar meu espaço", afirmou o jogador.Divino ou não, Washington tinha o que comemorar. O gol quebrava um jejum de quase três meses. Ele não marcava desde 30 de abril, quando o Palmeiras venceu o Brasiliense na segunda rodada do Brasileiro em sua estréia no time.A falta de gols fez com que perdesse a posição de titular e até a possibilidade de ficar no banco de reservas. Ele, que chegara com fama de artilheiro - havia feito oito gols em oito jogos pela Portuguesa no Campeonato Paulista -, estava ficando marcado mais por erros do que por gols feitos.Neste domingo, Washington saiu do banco no intervalo para resolver o jogo. Fez o gol e teve algumas outras oportunidades. Voltou a ter seu nome gritado bem alto, mas sem a companhia de palavrões. "Este momento é sensacional para mim. Vai ser o início da minha recuperação", garantiu o atacante.A briga por um lugar no time titular não será fácil. Leão aposta na fórmula com "três pequenos" - Juninho, Marcinho e Pedrinho -, mas Washington passou a ter vantagem na luta com Ricardinho. Já Gioino e Alex Afonso estão pior colocados nessa disputa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.