Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Goleada: a redenção de Daniel

A vitória por 4 a 0 sobre o Corinthians, no domingo, pode ter sido a redenção definitiva de Daniel Martins no Palmeiras. Depois da boa atuação, o lateral já sonha com a oportunidade de continuar como titular no time de Jair Picerni."Por tudo o que passei no Palmeiras, acho que mereço continuar na equipe", disse Daniel, nesta segunda-feira, na reapresentação do elenco, na Academia de Futebol. O lateral, no entanto, fez questão de explicar bem aos jornalistas o sentido real de suas palavras. "Não se trata de nenhuma cobrança. Eu só tenho a agradecer ao Jair pela força. Foi ele que me trouxe de volta ao Palmeiras e foi ele que apostou em mim para jogar um clássico tão importante."O lateral ainda lembrou detalhes de seu momento delicado no clube. "Não é qualquer um que aceita entrar no time justamente num clássico contra o Corinthians, estando há quase quatro meses sem jogar uma partida oficial. Mostrei que não sou de pipocar."Daniel esclareceu ainda que não se sentiu vingado do Corinthians, mesmo tendo sido dispensado do Parque São Jorge, em 2000. "É sempre muito bom vencer o Corinthians, mas não foi a vingança que me motivou. Tinha um desafio muito mais importante: provar que ainda poderia ser útil ao Palmeiras. E não poderia trair a confiança do Jair."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.