Divulgação
Divulgação

Goleada abre opções e deixa Muricy em dúvida para time na quarta

Após os 5 a 0 contra o Bragantino, estreante Dória e Maicon podem aparecer na escalação para enfrentar o Corinthians na Libertadores

GONÇALO JUNIOR, O Estado de S. Paulo

16 de fevereiro de 2015 | 08h26

A goleada do São Paulo sobre o Bragantino por 5 a 0, conquistada no último sábado, em Bragança Paulista, trouxe dúvidas para o técnico Muricy Ramalho em relação à escalação ideal para o jogo contra o Corinthians, pela Copa Libertadores. "Tenho várias opções de nível no meu elenco. Vou escolher a melhor para quarta-feira. Tenho uma base mais ou menos definida, não vou mexer muito", afirmou o treinador.

Maicon e o estreante Dória mostraram que são opções viáveis para o clássico. Além de dar um belo passe no lance do primeiro gol, Maicon foi o armador do time e fechou os espaços na hora da marcação. Foi responsável por 96 passes certos, mais ou menos, 20% do total. A ótima atuação, no entanto, não surpreendeu o treinador.

"Ele sempre teve esse nível. É o jogador que mais participa do jogo. Não dá para viver só de um lance, tem de participar o tempo todo, e ele faz isso bem. Não é surpresa o que ele apresentou", elogiou Muricy.

Para escalar Maicon, o treinador deve abrir mão de Souza ou Michel Bastos no meio. Os três se equivalem, mas Michel tem a vantagem de ocupar bem o lado esquerdo e finalizar com precisão, como já ressaltou a comissão técnica. Souza era titular nos primeiros jogos e só perdeu espaço por causa de uma contusão. Maicon, por sua vez, é mais ousado e criativo.

"A gente tem de frisar que foi só um jogo. Mesmo assim, a partida mostrou que todos os jogadores têm qualidade. E deixou a cabeça do treinador em dúvida", disse Maicon.

Dória também conquistou a confiança do treinador. Sua escalação parece mais provável no lugar de Lucão, formando a zaga titular ao lado de Rafael Toloi. "Ele é seguro e sério demais. Não foi muito exigido, mas mostrou qualidade", disse o técnico.

Até Alexandre Pato pede passagem. Impedido por contrato de enfrentar o Corinthians, dono de seus direitos federativos, o atacante foi bem em Bragança e chegou aos quatro gols marcados neste Paulistão. "É complicado, eu quero jogar. Vamos ver se essa cláusula pode dar alguma brechinha para eu poder entrar em campo."

Emprestado ao São Paulo desde o começo de 2014, Alexandre Pato só pode enfrentar o Corinthians mediante pagamento de multa de R$ 1 milhão, algo improvável de acordo com a diretoria. O vínculo com o São Paulo se encerra no fim deste ano, quando o atacante ainda terá mais uma temporada de contrato com o Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.