Mariana Greif / AFP
Mariana Greif / AFP

Goleada diante do Peñarol envergonha Bruno Méndez: 'Não podemos tomar 4 gols'

Corinthians sofre o maior placar de sua história em torneios internacionais ao levar 4 a 0 pela Sul-Americana no Uruguai

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de maio de 2021 | 00h26

A pior derrota do Corinthians na sua história em torneios internacionais deixou o zagueiro Bruno Méndez envergonhado. O jogador não escondeu sua mágoa nesta quinta-feira, após a goleada por 4 a 0 sofrida diante do Peñarol, em Montevidéu, resultado que eliminou a equipe brasileira da Copa Sul-americana ainda em sua fase de grupos.

"Difícil de assimilar uma derrota com quatro gols em um torneio internacional e num clube grande como é o Corinthians. Não podemos tomar quatro gols, por maior que seja o Peñarol", disse o jogador, referindo-se ao passado glorioso do adversário uruguaio. 

Bruno Méndez detectou falhas táticas na equipe, principalmente no primeiro tempo, que colaboraram no desequilíbrio na marcação e na abertura para o Peñarol conseguir seus gols logo no início da disputa. "No primeiro tempo, tentamos uma linha de cinco. Erramos, deixamos muito espaço. Na maior parte do tempo, o Peñarol jogou sozinho. Tinha muito espaço e tomamos os gols."

O Corinthians não viu a cor da bola. Após a eliminação na competição sul-americana, o time concentra agora sua atenção na disputa da semifinal do Campeonato Paulista Sicredi 2021, domingo, com adversário ainda a ser definido. Palmeiras e São Paulo tentam suas classificações nesta sexta, diante de Bragantino e Ferroviária, respectivamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.