Goleada embala São Caetano no México

Mais confiante do que nunca, a delegação do São Caetano embarcou para a cidade do México nestedomingo pela manhã, para a partida de terça-feira contra o América do México, no jogo da volta das oitavas-de-final da Copa Libertadores da América. O grupo - que partiu do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, às 10 horas - ficou mais fortalecido após a brilhante goleada sobre o Criciúma, por 5 a 0, sábado, pelo Campeonato Brasileiro. O "mistão" do Azulão funcionou bem, o que reforça a tese do técnico Muricy Ramalho de que o time pode ir mais longe dentro da Taça Libertadores da América."A cada desafio o grupo tem se mostrado capaz de responder bem e superar as dificuldades. Mas teremos um jogo difícil lá no México", comentou Muricy antes do embarque. Como venceu o primeiro jogo, por 2 a 1, no meio da semana, o time brasileiro pode até empatar para garantir sua vaga nas quartas-de-finais.O grupo viajou completo, uma vez que não existe problema de contusão ou suspensão. Os cinco titulares poupados sábado têmretornos assegurados. Assim, estão escalados o lateral direito Anderson Lima, o zagueiro Dininho, o volante Mineiro, o meia Gilberto e o atacante Somália. "O importante é que quem está entrando tem dado conta do recado", diz, Muricy, animado com a união e, principalmente, com o rendimento do time.Uma das preocupações é com os efeitos da altitude da Cidade do México, próxima dos três mil metros. Como a delegação só iria chegar à noite no México, a comissão técnica programou apenas um treino de reconhecimento no Estádio Azteca. Na primeira fase da Libertadores, o América venceu duas vezes o São Caetano, ambos, por 2 a 1, tanto em casa como fora. O Azulão se vingou em parte, agora, na segunda fase, mas precisa completar sua vingança garantindo a vaga para manter o sonho de brigar pelo título da temporada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.