Goleada no Morumbi faz São Paulo quebrar recordes

Tricolor registra vitória mais elástica na Libertadores

Ciro Campos, Estadão Conteúdo

06 de abril de 2016 | 12h00

A vitória por 6 a 0 sobre o Trujillanos, nesta terça-feira, pela Copa Libertadores, fez o São Paulo se reabilitar na competição e ainda quebrar recordes. A goleada se tornou a maior do clube na história da competição continental e a mais elástica nos últimos nove anos. Desde setembro de 2007 o time não derrotava um adversário por uma diferença tão grande de gols.

Na Libertadores, a maior goleada era o 5 a 0 sobre o Bolívar, em 2013. A partida marcou a estreia do time do Morumbi na competição daquele ano, ainda em confronto válido pela fase preliminar. Já na história do São Paulo. a última vitória por 6 a 0 foi ainda há mais tempo, pelo Campeonato Brasileiro de 2007, contra o Paraná, durante a campanha do título nacional daquele ano.

"Creio que ganhamos porque tivemos a ideia de colocar muito ritmo, pressão e marcação alta. Isso nos levou a conseguir dois gols rapidamente, quase não demos chance ao adversário. Mantivemos o ritmo, a pressão e por isso demonstramos superioridade", comentou o técnico Edgardo Bauza. O resultado significou a primeira vitória do time na fase de grupos de competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.