Goleiro Barthez briga com torcedores e abandona o Nantes

O ex-goleiro da seleção francesa Fabien Barthez deixou Nantes no domingo, um dia depois de se envolver em uma briga com um torcedor. O Nantes ficou mais próximo do rebaixamento com uma derrota em casa por 2 a 0 para o Rennes, no sábado.Barthez saiu de sua casa em Nantes em um carro com os filhos. Os dirigentes ainda não sabem se ele deixou a equipe por poucos dias ou para sempre. "É provável que ele não volte", disse o presidente do Nantes, Rudi Roussillon, aos repórteres quando questionado se temia que o goleiro pudesse não retornar.Roussillon afirmou que cinco torcedores embriagados bloquearam o carro de Barthez quando ele saía do Estádio Beaujoire. Eles chutaram o carro e deram pancada no pára-brisa, e um tentou abrir a porta do carro, segundo o presidente.O goleiro campeão mundial e europeu, então, saiu de seu carro e começou a trocar socos com um deles. Agentes de segurança tiveram que os separar. "Fabien está em estado de choque", declarou Roussillon. "Ele está profundamente afetado pelo incidente."Oito vezes campeão francês, o Nantes está perto de ser rebaixado pela primeira vez.A equipe, que tem o recorde de permanência na primeira divisão do Campeonato Francês com 44 anos consecutivos, está a oito pontos da posição de segurança para não ser rebaixado, faltando quatro partidas a serem disputadas.Barthez interrompeu sua aposentadoria no meio de dezembro de 2006 para ajudar o Nantes em sua tentativa de fugir do rebaixamento. No entanto, o goleiro careca de 35 anos cometeu alguma falhas embaraçosas que lembraram seus piores dias à frente da meta do Manchester United.Ele também causou alguma polêmica, notadamente depois de tomar um gol defensável na derrota em casa por 1 a 0 para o lanterna Sedan no começo de abril.Depois de ser substituído em razão de uma contusão, ele deixou o estádio sem sequer esperar o término da partida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.