Marcelo Albert/ TJMG
Marcelo Albert/ TJMG

Goleiro Bruno chega ao Acre e é recepcionado pelo presidente do Rio Branco

Valdemar Neto levou o jogador para as instalações do clube, onde o atleta ficará hospedado no alojamento do CT José de Melo

Redação, Estadao Conteudo

30 de julho de 2020 | 19h05

O goleiro Bruno desembarcou em Rio Branco, no Acre, nesta quinta-feira, onde vai atuar pelo time do Rio Branco. O jogador foi recepcionado pelo presidente Valdemar Neto, que o levou para as instalações do clube, onde o atleta ficará hospedado no alojamento do CT José de Melo. Ex-jogador de Flamengo e Atlético-MG, Bruno, de 35 anos, poderá defender o Rio Branco-AC no segundo turno do Campeonato Acreano, no Campeonato Brasileiro da Série D e na Copa Verde.

Após liberação do Governo do Acre para o reinício dos treinos, o elenco do técnico João Mota retomou as atividades nesta quarta-feira, mas ainda sem realizar os testes para detectar possíveis casos de covid-19. Bruno foi condenado pela Justiça a mais de 20 anos de prisão pelo sequestro, assassinato e ocultação de cadáver da ex-namorada e modelo Eliza Samudio, ocorrido em 2010. Nesse momento, ele cumpre sua pena no regime semiaberto.

O goleiro tenta retomar a carreira, mas por enquanto teve apenas passagens curtas no futebol. No início deste ano, o Operário-MT desistiu da sua contratação após protestos de torcedores. O mesmo já havia acontecido com o Fluminense de Feira. Em 2014, o Montes Claros, então na segunda divisão de Minas Gerais, contratou Bruno e anunciou o reforço imediatamente. No entanto, o goleiro ainda cumpria pena em regime fechado e não pôde atuar.

Já em 2017, após habeas corpus, Bruno acertou com o Boa Esporte Clube e chegou a realizar cinco partidas antes de voltar para a prisão. Em 2019, atuou por meio tempo pelo Poços de Caldas. 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolcoronavírusGoleiro Bruno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.