Natacha Pisarenko/AP
Natacha Pisarenko/AP

Goleiro da Argentina exalta bom ambiente na seleção

Sergio Romero valorizou a capacidade do treinador de manter um mesmo grupo durante as eliminatórias

Agência Estado

30 de maio de 2014 | 18h03

BUENOS AIRES - Questionado por algumas de suas escolhas na seleção argentina, o técnico Alejandro Sabella recebeu nesta sexta-feira elogios de um de seus comandados. O goleiro Sergio Romero valorizou a capacidade do treinador de manter um mesmo grupo durante as eliminatórias da Copa e, assim, criar amizade entre os jogadores pelo tempo passado juntos.

Nem sempre Sabella chamou o atleta que está jogando melhor para cada posição. Este é o caso de Romero, que pouco atuou na última temporada. "Estou agradecido ao treinador e aos meus companheiros pelo apoio e confiança que me deram nesta temporada que foi diferente das outras, porque não pude jogar muito. Antes da divulgação da lista de convocados, eu não estava tranquilo", admitiu o goleiro do Monaco.

Preferindo um ambiente amigável nos treinamentos, o técnico acabou deixando de lado alguns jogadores considerados importantes - o atacante Carlos Tevez é um deles. Seus comandados, entretanto, parecem não se queixar das ausências. "Estou contente por estar neste grupo e pela qualidade humana que existe, é impressionante. Nisso o treinador foi muito importante. Nos sentimos como um grupo de amigos, estamos juntos há muito tempo", disse Romero.

O goleiro disse que a Argentina, somente pela tradição, já tem obrigação de chegar o mais alto possível na Copa. A equipe de Sabella começa escalar esses degraus no dia 15 de junho no Maracanã, contra a Bósnia. No dia 21, enfrenta o Irã no Mineirão. E no dia 25, pega a Nigéria no Beira-Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.