Goleiro da seleção argentina deixa o Catania

O Catania anunciou nesta sexta-feira que o goleiro Mariano Andujar, da seleção argentina, não faz mais parte do seu elenco. O jogador era dono da posição no time da Sicília desde que chegou à Itália, em meados de 2009, depois de ser campeão da Copa Libertadores daquele ano com o Estudiantes.

AE, Agência Estado

30 de dezembro de 2011 | 14h58

Andujar não foi relacionado para a intertemporada que o Catania realiza na vizinha ilha de Malta, fazendo surgirem especulações com relação ao seu futuro na equipe. Nesta sexta-feira, a confirmação da saída dele foi dada pelo presidente do clube, Pietro Lo Monaco. "Em Parma (no último jogo da equipe), Andujar jogou sua última partida conosco", afirmou.

O argentino havia sido titular da equipe em todos os 16 jogos do Campeonato Italiano até aqui, tendo sofrido 23 gols. Pela seleção argentina, foram quatro partidas como titular neste ano. Para a posição, o Catania tem também o eslovaco Tomas Kosicky e os italianos Pietro Terracciano e Andrea Campagnolo, este o mais experiente do elenco, com 33 anos.

Outros dois jogadores do Catania que não foram para Malta foram o hondurenho David Suazo, que recupera a forma física em Catânia, e o argentino Pablo Ledesma, que estaria negociando seu retorno ao Boca Juniors. O clube italiano é reduto de argentinos na Itália: tem 11 atletas daquele país em seu elenco.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato Italiano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.