Goleiro da seleção egípcia foge para assinar com equipe suíça

Essam El-Hadary vai jogar no Sion por R$ 3,8 milhões, sem a liberação do Al Ahli, seu clube no Egito

EFE

22 de fevereiro de 2008 | 09h26

O goleiro da seleção egípcia Essam El-Hadary fugiu de seu país para assinar contrato com o clube suíço Sion, no valor de 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 3,8 milhões), informa nesta sexta-feira a imprensa local. El-Hadary foi eleito o melhor goleiro da Copa Africana de Nações, realizada este mês, em Gana, e que terminou com o título da seleção do Egito. O goleiro jogava na equipe egípcia Al Ahli, uma das maiores do continente, e que já pediu à Federação de Futebol do Egito que não envie a El-Hadary a documentação necessária para regularizar sua situação.

Tudo o que sabemos sobre:
seleção egípciafutebol africano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.