Divulgação/Vipcomm
Divulgação/Vipcomm

Goleiro Denis espera fazer a melhor partida da sua carreira

Jogador do São Paulo diz que tem o desafio de 'pegar as bolas possíveis e impossíveis' contra o Palmeiras

Redação,

19 de maio de 2009 | 10h53

"Pegar as bolas possíveis e as impossíveis também". Esse é o pensamento do goleiro são-paulino Denis, que substitui o lesionado Bosco, no clássico deste domingo, 24, contra o Palmeiras, no Palestra Itália. Apesar de triste pelo companheiro, o jogador encara com naturalidade a responsabilidade de entrar como titular, na terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Veja também:

link Muricy Ramalho proíbe entrevistas do goleiro Denis

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

especialVisite o canal especial da Libertadores

lista Libertadores - Calendário/Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Todo jogador treina esperando a chance de aparecer. Tenho treinado muito forte, procurando melhorar a cada dia", afirmou o goleiro. "Estava brincando com meus amigos que costumo a entrar bem neste tipo de situação, desde os tempos de Ponte Preta", completou.

 

Denis, de 22 anos, chegou ao São Paulo no início do ano, vindo da Ponte Preta. Ainda no Campeonato Paulista fez seu primeiro jogo, na vitória do São Paulo, sobre a Portuguesa, no Canindé. Na ocasião, Rogério Ceni se machucou durante o jogo e o reserva imediato Bosco também estava lesionado.

 

Dessa vez, o capitão Rogério Ceni fraturou o tornozelo e ficará no mínimo mais três meses fora de combate e Bosco sofreu uma entorse no joelho, mas não precisará passar por cirurgia. "Sei que tenho que substituir meus companheiros à altura porque são dois excelentes goleiros e por isso estou me preparando muito bem", afirmou.

 

Com uma derrota na estreia e um empate na segunda rodada, o São Paulo vai buscar a primeira vitória no Campeonato e subir na classificação. Já o Palmeiras, soma três pontos do primeiro, mas quer esquecer a derrota para o Internacional.

 

No entanto, os dois times podem poupar alguns de seus titulares, devido às partidas do meio de semana, válidas pelas quartas de final da Copa Libertadores. O São Paulo vai a Belo Horizonte (MG) enfrentar o Cruzeiro, enquanto o Palmeiras recebe o Nacional (URU).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.