Goleiro diz que Flu vai superar incidente com torcedores

Dois dias depois do incidente com torcedores nas Laranjeiras, o goleiro Fernando Henrique afirmou nesta quinta-feira que os jogadores estão comprometidos com a recuperação do Fluminense no Campeonato Brasileiro, depois da eliminação na Copa do Brasil.

AE, Agencia Estado

28 de maio de 2009 | 21h12

"Comprometimento não falta, acordamos cedo, nos concentramos, damos de tudo nos treinos para conseguir bons resultados", declarou o goleiro, em claro aviso à torcida. "Os torcedores podem ter certeza que o que eles querem nós queremos em dobro. A torcida é muito importante para o clube e para o jogador", destacou.

Para Fernando Henrique, o grupo precisa de tranquilidade para acertar o time e reagir no Brasileirão, após a goleada sofrida para o Santos, no domingo. "Agora é a hora que precisamos ter tranquilidade, sem clima de tensão. O campeonato está começando e temos que começar a ganhar, sempre entrando com personalidade para enfrentar as batalhas".

Na terça-feira, cerca de 80 torcedores do clube invadiram o treino nas Laranjeiras em protesto à derrota do final de semana. O volante Diguinho chegou a ser agredido e um amigo de Fernando Henrique, identificado como o despachante Robson Braga dos Santos Oliva, chegou a dar tiros para cima para dispersar a torcida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.