Goleiro do Atlético-PR é suspenso por 30 dias por uso de cocaína

Rodolfo foi pego em exame antidoping após jogo da Série B e recebeu punição preventiva do STJD até o julgamento, que deve ser em agosto

Gustavo Zucchi, O Estado de S. Paulo

25 de julho de 2012 | 23h14

SÃO PAULO - Pego no exame antidoping por uso de cocaína, o goleiro do Atlético PR, Rodolfo, de 21 anos, recebeu do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) uma suspensão preventiva de 30 dias, válida desde a última terça-feira. As informações são do jornal Gazeta do Povo, de Curitiba.

O exame foi realizado no dia 9 de junho, após a derrota da equipe paranaense por 2 a 0 para o CRB de Alagoas, pela Série B do Brasileirão. O presidente do STJD, Flávio Zveiter informou que o julgamento deve ser realizado ainda em agosto.

O clube, que prepara a defesa do jogador, não deve ter nenhum tipo de punição pelo caso. A última vez que fato semelhante aconteceu no Brasil foi com o ex-atacante do Botafogo, Jobson, que foi suspenso por dois anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.