Goleiro do Botafogo vive expectativa pela seleção

Na sexta-feira, o técnico Mano Menezes anuncia a convocação da seleção brasileira para o amistoso contra a Argentina, marcado para o dia 17 de novembro, em Doha, no Catar. E o goleiro Jefferson, do Botafogo, não esconde a expectativa de aparecer novamente na lista, assim como já aconteceu nos três jogos sob o comando do novo treinador do Brasil, contra Estados Unidos, Irã e Ucrânia - ele foi reserva em todos.

AE, Agência Estado

27 de outubro de 2010 | 13h50

"Há um pouco de ansiedade, mas controlo, pois penso primeiro no Botafogo. Tenho esperança de ir devido ao trabalho que faço aqui. Se a chance aparecer, vou procurar aproveitar", afirmou Jefferson. "Na primeira convocação, disse que tinha que manter os pés no chão. A seleção pode representar um trampolim ou uma queda. Trabalho ainda mais. Se precisar, sou o primeiro a entrar e o último a sair do campo."

Assim, enquanto sonha com uma nova chance na seleção, Jefferson se prepara para defender o Botafogo na próxima rodada do Brasileirão. "Sabemos que é um jogo difícil, pois o Atlético-MG têm suas metas (evitar o rebaixamento). Mas temos as nossas (título) e temos que pensar que são maiores. Vamos em busca dos três pontos", avisou o goleiro, ao falar da partida de sábado, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoJefferson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.