David Mercado/Reuters
David Mercado/Reuters

Goleiro do Flamengo rejeita revanche com Ronaldinho

Segundo Paulo Victor, partida contra o Atlético Mineiro no proximo sábado será apenas mais um jogo

AE, Agência Estado

31 de julho de 2012 | 08h38

RIO - Contratado sob grande expectativa no início de 2011, Ronaldinho Gaúcho deixou o Flamengo de forma litigiosa no final de maio e enfim vai se reencontrar com o ex-clube. Apesar das animosidades entre o jogador e os dirigentes e a torcida, Paulo Victor garante que está encarando a partida contra o Atlético Mineiro, sábado, no Rio, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, como apenas mais um jogo.

De acordo com o goleiro, a maior preocupação é em se recuperar na competição, ignorando qualquer clima de revanche com o astro. "Essa história de revanche contra Ronaldinho é mais pelo lado da torcida. Nós, jogadores, queremos ganhar, queremos a vitória, independente de quem está do outro lado", disse.

Paulo Victor fez, inclusive, questão de elogiar Ronaldinho e ressaltou a necessidade do Flamengo não dar espaços ao jogador atleticano. "O Ronaldo foi duas vezes o melhor do mundo e isso não foi à toa. Ele pode mudar um jogo em duas jogadas. Ele já provou isso, é um grande jogador. Temos que estar ligados", comentou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.