Goleiro do Fluminense reclama de 'paradinha' em pênalti

O goleiro Fernando Henrique afirmou nesta terça-feira que considera covarde a prática da "paradinha" em cobranças de pênalti. O jogador foi "vítima" na vitória do Fluminense por 2 a 1 sobre o Botafogo. O meia Maicosuel enganou Fernando Henrique e abriu o placar para o time de General Severiano. Ele reconheceu que a atitude é legal, mas acredita que a regra deveria ser alterada.

AE, Agencia Estado

31 de março de 2009 | 17h06

"Acho a paradinha uma covardia com os goleiros. Acho que a CBF deve rever isso o mais rápido possível. Não querendo criar polêmica, mas o pênalti já é um momento muito difícil para o goleiro. Aquilo não foi nem uma paradinha e sim um paradão, ele chegou a passar o pé por cima da bola. O Maicosuel não está errado, porque a regra permite, mas acho a regra uma covardia", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.