Goleiro do Porto sofre taquicardia

O goleiro Vítor Baía, do Porto, deu um susto nosjogadores e nos torcedores neste domingo no Estádio de Yokohama.Durante a prorrogação, ele sofreu uma taquicardia, sozinho naárea, e teve de ser retirado de campo de maca. Mas, em seguida auma passagem por um hospital da cidade, ele foi liberado umahora e meia depois, a tempo de fazer a festa do título com osdemais jogadores. Segundo o técnico do Porto, o espanhol Victor Fernandez,o médico do clube português disse que "o goleiro sofreu umataquicardia e que era melhor observá-lo em um hospital". Deacordo com Fernandez, o médico acrescentou que Vítor Baía teveuma ansiedade de jogo, mas agora está bem". Mais tranqüilo depois de o goleiro ter retornado aoestádio, Fernandez afirmou que a vitória do seu time foi justaporque o Porto "mandou quatro bolas na trave e o goleiro Henaosalvou dois gols". Para o treinador, o Once Caldas procurou oempate sem gols e a disputa por pênaltis. "A justiça decidiu afavor de que tem teve mais méritos", declarou o treinador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.