Rafael Ribeiro| CBF
Rafael Ribeiro| CBF

Goleiro Ederson tem lesão no púbis, mas nem pensa em ser cortado

'Vou fazer o maior esforço possível para ficar 100%,' disse o jogador da seleção brasileira

Almir Leite e Gonçalo Junior, enviados especiais a Denver, O Estado de S.Paulo

30 de maio de 2016 | 12h21

Depois de perder Douglas Costa na semana passada, Ricardo Oliveira antes da apresentação e aguardar a recuperação de Rafinha, todos com problemas de lesão, o técnico Dunga tem um problema também no gol.

O goleiro Ederson afirmou que tem uma pequena inflamação no púbis e, por isso, ficou fora do treinamento de sábado e também do jogo contra o Panamá, no domingo à noite. "Estou me sentindo bem. Tenho uma pequena inflamação no púbis. Amanhã (segunda-feira) volto a treinar com bola e vou ver como me sinto", afirmou o terceiro goleiro da seleção ainda no estádio Dick's Sporting Goods Park, em Denver.

O goleiro afirma que não pensa em ser cortado. Se isso acontecer, o único substituto presente na lista de 40 pré-convocados da seleção é Marcelo Grohe, do Grêmio. "Nem passa a ideia de ser cortado. Vou fazer o maior esforço possível para ficar 100%".

Favorito para ser o goleiro titular na Olimpíada, Ederson foi convocado pela primeira vez para a seleção principal. Seu desempenho no Benfica despertou o interesse do Manchester City, que estaria interessado em contratá-lo como reserva de John Hart a pedido do novo técnico Pep Guardiola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.