Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Goleiro joga pela 1ª vez em 9 anos no elenco do São Paulo e deve se despedir

Léo foi homenageado entrando aos 31 minutos do segundo tempo do duelo contra o Santa Cruz

Estadão Conteúdo

12 de dezembro de 2016 | 09h17

O goleiro Léo, de 26 anos, deve deixar o São Paulo após nove temporadas no elenco profissional, mas não antes sem, enfim, realizar o sonho de jogar uma partida oficial. Ele foi homenageado entrando aos 31 minutos do segundo tempo do duelo contra o Santa Cruz, domingo, no Pacaembu, pela última rodada do Brasileirão.

"O São Paulo é muito importante na minha vida, e desde a minha infância tinha o sonho de ser atleta do clube. Felizmente consegui realizar este sonho, me identifico muito com estas cores e hoje posso dizer que aqui é a minha segunda casa", comentou o goleiro, que está há 12 anos no clube, contando as categorias de base, e faz parte do elenco desde 2007.

Ele já havia atuado no amistoso contra o Londrina, em 2013, mas nunca jogara entre os profissionais. Foi quarto e terceiro goleiro do elenco, mas sequer chegou a ser o reserva direto de Rogério Ceni ou Denis. Em 2014, foi emprestado para o Linense, mas só fez uma partida.

Com contrato apenas até o fim deste ano, o jogador deve se despedir do Morumbi. O São Paulo já tem Denis e Renan Ribeiro e está muito perto de anunciar Sidão, que pertence ao Audax, mas jogou o Brasileirão pelo Botafogo. Além disso, vê Lucas Perri, de 19 anos recém-completados e desde os 17 na seleção sub-20, bater à porta do elenco profissional.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCRogério CeniMorumbi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.