Goleiro Júlio César exalta eficiência da defesa e bom início do Flu no Carioca

Tricolor venceu os dois jogos disputados pela Taça Guanabara

Estadao Conteudo

02 Fevereiro 2017 | 21h58

Ao bater o Resende por 1 a 0 na última quarta-feira, no estádio de Moça Bonita, o Fluminense acumulou a sua segunda vitória em dois jogos neste Campeonato Carioca, assim como a segunda partida sem tomar gols, pois em sua estreia havia batido o Vasco por 3 a 0, no clássico realizado no Engenhão no domingo passado.

No início da noite desta quinta-feira, o goleiro Júlio César concedeu entrevista coletiva após o treino iniciado no final da tarde e exaltou a eficiência do setor defensivo tricolor. Ele falou sobre o assunto ao fazer um comparativo com o péssimo fim de temporada amargado pela equipe no ano passado, quando se despediu com uma sequência de dez partidas sem vitórias.

"Acho que a nossa defesa, no ano passado, era muito boa. Tivemos uma sequência de resultados ruins. A consequência foi que a defesa foi a vilã. Mas não é assim. Hoje, mesmo com as mudanças, a gente está há dois jogos sem sofrer gol", ressaltou Júlio César, que foi escalado diante do Resende como titular após Diego Cavalieri virar desfalque por causa de uma entorse no tornozelo.

Já ao projetar o duelo diante da Portuguesa carioca, domingo, às 19h30, em Volta Redonda, pela terceira rodada da Taça Guanabara, o jogador afirmou que ainda não sabe se voltará a ser escalado pelo técnico Abel Braga. "Não sei se jogo no domingo. Foi uma fatalidade do Diego, espero que ele se recupere o quanto antes. Eu procuro aproveitar. A minha intenção é criar uma dor de cabeça ao treinador. É óbvio que desejo a titularidade", ressaltou.

Ainda sem ter sido vazado no Campeonato Carioca, o Fluminense só levou gols em seu jogo de estreia na temporada, na semana passada, quando derrotou o Criciúma por 3 a 2, em Juiz de Fora (MG), na partida de abertura da Copa da Primeira Liga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.