Amanda Perobelli / Reuters
Amanda Perobelli / Reuters

Goleiro Lucão comemora estreia pelo Vasco e êxito contra amigo Brenner

Atacante do São Paulo havia brincado que faria gol no arqueiro vascaíno, o que não conseguiu

Redação, Estadão Conteúdo

22 de novembro de 2020 | 18h56

O sorriso era de ponta a ponta. Lucão comemorou muito a estreia com a camisa do Vasco no empate por 1 a 1 diante do São Paulo, no Morumbi, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O goleiro, que fez importantes defesas, citou até mesmo uma brincadeira com Brenner, seu amigo pessoal.

"Conheço o Brenner há bastante tempo da seleção, sub-17, sub-20, é um amigo meu. Fico feliz de encontrar ele agora, num jogo importante, minha estreia no Brasileirão. A gente fez uma brincadeira antes daquele lance, eu disse que ele não era homem de palavra, porque disse que ia fazer gol em mim, mas não foi dessa vez", falou o goleiro.

A estreia de Lucão ocorreu pelas ausências de jogadores do Vasco por causa da covid-19. O técnico Ricardo Sá Pinto não pôde contar com nove jogadores. Além de Fernando Miguel, a quem substituiu, testaram positivo para a doença: Werley, Talles Magno, Benitez, Tiago Reis, Ulisses, Fellipe Bastos, Carlinhos e Ribamar.

Apesar de ser apenas sua primeira partida como titular, Lucão teve postura de um atleta experiente. Fez uma boa partida e saiu como um dos destaques ao lado do atacante Cano. Parece ser um atleta de grande potencial, que pode ser importantíssimo para o Vasco, que tem como costume revelar grandes goleiros.

Além de conseguir frear uma disparada do São Paulo, o Vasco somou mais um ponto importante na luta contra o rebaixamento. O time tem 24 pontos. Seu próximo adversário será o Ceará no dia 30, às 18 horas, em São Januário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.