Goleiro Marcos vai abrir clínica de fisioterapia nesta segunda-feira

A ideia surgiu há um ano e foi baseada na experiência do atleta em fazer trabalhos de recuperação

Paulo Fávero, O Estado de S. Paulo

28 de setembro de 2011 | 22h37

SÃO PAULO - Marcos vai apresentar segunda-feira sua clínica de fisioterapia de 400 m² e com equipamentos de última geração. A ideia surgiu há um ano e foi baseada na experiência do atleta em fazer trabalhos de recuperação, segundo conta Fernando Miranda, sócio no projeto e preparador de goleiros do Palmeiras. “A fisioterapia deu uma longevidade maior para a carreira dele. Isso contribuiu bastante e ele quis oferecer este serviço para as outras pessoas.”

A Clínica São Marcos fica no hotel Holiday Inn, um dos parceiros do projeto, no Parque Anhembi. Outro parceiro é a Topper, que fornecerá material esportivo para o empreendimento e para os funcionários. A empresa renovou contrato com Marcos até 2014.“Ele é figura ímpar no cenário esportivo brasileiro e estamos satisfeitos em entrar no projeto”, disse Germán Pipet, gerente da Topper no Brasil.

Além de Marcos e Fernando, a clínica também terá a supervisão dos fisioterapeutas José Rosan, do Palmeiras, e Luiz Rosan, do São Paulo. As partes evitam falar no valor do investimento feito até agora. A intenção é oferecer tratamento especializado para pessoas comuns e arrumar parceiros para um tratamento patrocinado. “É uma empresa e alguém vai pagar o tratamento de quem não pode. Não vamos fazer nada de graça, até porque não podemos”, avisa Fernando.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasMarcos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.