Goleiro suíço lembra 2010 e minimiza vitória em estreia

Na Copa do Mundo de 2010, a Suíça estreou com uma inesperada vitória sobre a favorita Espanha, que seria campeã, por 1 a 0. Depois, no entanto, perdeu para o Chile e só empatou com Honduras, o que a deixou fora das oitavas de final. Presente naquela campanha e agora no Brasil, o goleiro Benaglio disse que a seleção aprendeu com os erros e não vai se deslumbrar com a vitória na estreia sobre o Equador, por 2 a 1.

AE, Agência Estado

19 de junho de 2014 | 10h15

"A sensação é boa, naturalmente, mas acredito que cada um que jogou há quatro anos conhece esse sentimento. E nós aprendemos com isso", disse o goleiro. "Agora, derrotamos um concorrente direto. Por isso, as perspectivas são melhores que na última Copa."

Benaglio garantiu que a lição foi aprendida e mostrou confiança na classificação para as oitavas de final do Mundial. "Aprendemos muito com o que aconteceu em 2010 e evoluímos bastante desde então. Agora, é a hora de confirmar esse crescimento."

O primeiro passo para isso foi dado na estreia, mas ainda restam duas partidas no Grupo E pela frente. E a próxima é diante da poderosa França, nesta sexta-feira, na Arena Fonte Nova. Como em 2010, os suíços encerram a participação na primeira fase contra Honduras, na próxima quarta, na Arena Amazônia.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolSuíça

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.