Goleiro Tom deixa a Portuguesa e lembra de dificuldades no clube

Ainda cercada de incertezas em relação à próxima temporada, a Portuguesa começou a oficializar as primeiras baixas do elenco. Nesta segunda-feira, o goleiro Tom anunciou seu desligamento do clube em uma publicação no Facebook. Ele é o segundo jogador a deixar a Lusa. Na última semana, o meia Dieguinho acertou sua transferência para o Juventude-RS.

Estadão Conteúdo

23 de novembro de 2015 | 20h49

Em sua despedida, o goleiro agradeceu a instituição, mas também fez menção às dificuldades que passou devido à delicada situação financeira atravessada pelo clube. "Por muitas vezes entrei em campo com o salário atrasado (vários meses), mas isso nunca foi motivo para não buscar o melhor desempenho", escreveu o jogador por meio da rede social.

Tom atuou em algumas partidas como titular, mas foi reserva de Anderson em boa parte dos confrontos da Série C do Campeonato Brasileiro. De qualquer maneira, um nome conhecido da torcida lusitana pode voltar ao clube para ser a principal opção na posição. Atual goleiro do Ceará, Tiago, que atuou pela Lusa em 2006 e 2007, afirmou que seus empresários foram procurados pela Portuguesa.

Ele ficou conhecido por ser o "goleiro-artilheiro" do time e marcou 13 gols com a camisa rubro-verde. A situação administrativa do clube ainda é complicada e isso poderá dificultar a formação de um elenco para a temporada 2016.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.