Goleiro Van der Sar descarta volta à seleção holandesa

O goleiro Edwin van der Sar, do Manchester United, descartou retornar à seleção holandesa. Ele foi procurado pelo técnico Bert van Marwijk, que gostaria de contar com seus préstimos na equipe nacional, mas pediu para não ser novamente convocado para a equipe.

AE-AP, Agencia Estado

18 de março de 2009 | 13h16

"Eu liguei para ele e já sabia que ouviria um não como resposta. Mas tentei, mesmo assim", afirmou o treinador. Aos 38 anos, Van der Sar continua em boa forma e é considerado o melhor goleiro holandês em atividade.

O veterano anunciou o fim de sua carreira na seleção após a Eurocopa, no ano passado. Ele é o jogador com o maior número de partidas com a camisa laranja, com 130 jogos. Van der Sar participou das Copas do Mundo de 1998 e 2006 como titular - em 1994, ficou na reserva.

Os três goleiros que costumam ser convocados por Van Marwijk - Maarten Stekelenburg, Henk Timmer e Michel Vorm - estão, segundo o técnico "machucados, doentes ou voltando de contusões".

Enquanto isso, Van der Sar é o titular absoluto do time campeão do mundo. Recentemente, ele quebrou o recorde de invencibilidade de um goleiro no Campeonato Inglês, ao ficar 1.311 minutos, entre 8 de novembro e 4 de março, sem sofrer um único gol.

Mais conteúdo sobre:
futebolHolandaVan der Sar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.