Reprodução Site Coritiba
Reprodução Site Coritiba

Goleiro Wilson marca, e Coritiba busca empate com Criciúma na Série B

Time catarinense abre 2 a 0 em casa, mas paranaenses igualam o jogo

Estadão Conteúdo

21 Agosto 2018 | 21h32

Em jogo bem movimentado no estádio Heriberto Hulse, o Criciúma chegou a abrir dois gols de vantagem, mas empatou por 2 a 2 com o Coritiba, nesta terça-feira, pela 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O gol de empate paranaense foi marcado, de pênalti, pelo goleiro Wilson.

O resultado foi ruim para os dois times, que brigam por objetivos diferentes. A equipe da casa não conseguiu se distanciar da zona do rebaixamento e, com 25 pontos, segue em posição delicada na luta pela permanência na segunda divisão. O Coritiba, com 30 pontos, perdeu a oportunidade de colar na briga por uma vaga no G4, já que tem como principal objetivo na temporada retornar à elite do futebol nacional.

A partida começou com polêmica e reclamação por parte dos jogadores do Coritiba. Primeiro, aos 13 minutos, Guilherme Parede foi derrubado dentro da área, mas o árbitro gaúcho Daniel Nobre Bins apontou simulação do atacante coritibano e aplicou cartão amarelo.

Cinco minutos mais tarde, na outra grande área, foi Zé Carlos quem caiu após choque com Carlos César e, dessa vez, o árbitro assinalou o pênalti. O próprio Zé Carlos cobrou bem e abriu o placar.

O Coritiba deu sinais de que sentiu o golpe e, apenas dois minutos mais tarde, teve a defesa vazada novamente. Zé Carlos fez a jogada pela esquerda e serviu Vitor Feijão, que completou para o fundo do gol.

A resposta dos visitantes veio no último lance da primeira etapa. Vinícius Kiss foi ao fundo e cruzou para Guilherme completar de primeira e descontar logo antes do intervalo.

Logo no início do segundo tempo, o Criciúma já chegou com muito perigo em lance incrível. Zé Carlos finalizou sem direção, mas a bola desviou em Thalisson Kelven e bateu no travessão.

Na sequência, mais polêmica. Aos 32 minutos, Jean Mangabeira tocou com o braço dentro da área e o árbitro marcou pênalti para o Coritiba. O goleiro Wilson cobrou e empatou.

Nos minutos finais, o Criciúma pressionou em busca do gol da vitória, mas não conseguiu mais vazar a defesa adversária e teve que se contentar com o empate, que não é suficiente para afastar a equipe catarinense da briga contra o rebaixamento.

O Coritiba volta a campo na próxima sexta-feira, quando recebe o Oeste no estádio Couto Pereira pela 23.ª rodada da Série B. No sábado, o Criciúma enfrenta o CSA no Rei Pelé, em Maceió.

 

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 2 X 2 CORITIBA

CRICIÚMA - Beliato; Sueliton, Nino, Liel e Marlon; Eduardo, Jean Mangabeira (Alex Maranhão), Elvis e Luiz Fernando; Vitor Feijão (Andrew) e Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior.

CORITIBA - Wilson; Carlos Cesar, Thalisson Kelven, Rafael Lima e William Matheus; Uillian Correia, Wellington Simião (Yan Sasse), Vinícius Kiss (Bruno Moraes) e Carlos Eduardo (Alisson); Guilherme e Guilherme Parede. Técnico: Tcheco.

GOLS - Zé Carlos, aos 21, Vitor Feijão, aos 23, e Guilherme, aos 46 minutos do primeiro tempo. Wilson, aos 32 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Daniel Nobre Bins (RS).

CARTÕES AMARELOS - Marlon e Elvis (Criciúma); Thalisson Kelven e Guilherme (Coritiba).

CARTÃO VERMELHO - Thalisson Kelven (Coritiba).

RENDA - R$ 43.690,00.

PÚBLICO - 2.098 torcedores.

LOCAL - Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.