Goleiros do Flamengo concentram treino na parte física

Depois de duas semanas de folga, o Flamengo voltou treinar na última segunda-feira e, para os goleiros do elenco, os primeiros dias de trabalho têm sido de muito suor, em Atibaia, no interior paulista. Segundo o preparador de goleiros Wagner Miranda, nos primeiros 15 dias de preparação o mais importante é focar justamente no aspecto físico dos seus comandados.

AE, Agência Estado

19 de junho de 2014 | 16h21

Conhecido como "Gigante", por se referir aos goleiros desta forma durante os treinamentos, Miranda detalha o plano de trabalho dos goleiros durante a intertemporada que ocorre por conta da disputa da Copa do Mundo no Brasil. "É necessário que façamos treinos mais exaustivos nos primeiros 15 dias, com um grande número de repetições, dentro dos trabalhos de fundamento, força e potência", diz.

Os jogadores do Flamengo vêm treinando em dois períodos durante esta etapa de preparação. Para não atrapalhar os treinos táticos do técnico Ney Franco, Miranda revela que os treinos da tarde são um pouco mais leves. "Estou dando prioridade aos trabalhos mais fortes na parte da manhã, em que não os goleiros são utilizados pelo técnico, e à tarde diminuímos a força desse treinamento para que consigam render mais com o Ney", revela.

A intenção é que o grupo chegue bem preparado na volta do Campeonato Brasileiro. O Flamengo disputa a primeira partida oficial depois da pausa para a Copa no dia 16 de julho, contra o Atlético-PR, no Rio. "Nas semanas que antecedem ao primeiro jogo do Brasileirão, o trabalho técnico e situações de jogo serão mais priorizados do que a parte física", afirma Miranda, para quem César, Felipe, Luan e Paulo Victor, os quatro goleiros do elenco flamenguista, estão nivelados em relação à qualidade técnica.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.