Gols de Osmar no clássico trazem confiança ao Palmeiras

O principal nome do Palmeiras no empate por 3 a 3 com o Santos, neste domingo, não poderia ser outro. Osmar, autor de dois gols na primeira etapa, afastou, pelo menos até a próxima partida, a desconfiança que a torcida depositava no atacante. Desconfiança que não passa perto dos seus colegas de clube. ?O Osmar é um grande centroavante, não só pelos gols que marcou, mas a gente nos treinos que ele pode dar muito pelo Palmeiras?, afirmou Marcos.O Palmeiras adotou a numeração fixa nesse campeonato e Caio Júnior teve a certeza de que Osmar tinha toda condição de ser o dono da camisa 9. ?O primeiro tempo foi muito bom. Correu, marcou os zagueiros e foi ótimo na frente?, disse o técnico.Para o atacante sua partida foi maravilhosa. Principalmente o primeiro tempo. ?Foi muito importante ter começado daquele jeito. Com dois gols que nos deixaram mais confiantes para começar a segunda etapa?, disse o atacante.Osmar se inspira num companheiro para continuar brigando pela equipe. ?Ver o Edmundo, um jogador que já conquistou tudo na carreira, dando carrinho, disputando bola, me empolga. Não tem como não correr e brigar vendo o Edmundo fazer o que ele faz?, disse o fã Osmar.Mas o goleiro Marcos não tinha motivos para satisfação. ?O resultado foi horrível! Ganhando por 3 a 1, em casa e sofrer o empate, foi horrível?, afirmou Marcos, ainda no gramado do Palestra Itália, logo após a partida.O zagueiro Dininho também ficou irritado. ?Não sei por que, mas recuamos muito. Infelizmente cedemos esse empate. O saldo positivo foi que fizemos três gols.?Edmundo, que chegou a marcar de pênalti, e abrir 3 a 1 para o Verdão, foi para os vestiários irritado e acusando a imprensa de querer criar uma crise no clube. Perguntado o que faltou ao Palmeiras para garantir a vitória, o atacante se irritou. ?Não tenho nada para falar. Vocês querem criar problemas?, disse, insatisfeito. ?A gente sabe que tem cobrança só vamos sair disso ganhando?, disse Dininho, muito mais controlado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.