Sérgio Neves/AE
Sérgio Neves/AE

Gomes faz mistério, mas confirma Cicinho no São Paulo

Em treino secreto, técnico decide escalar Cicinho como titular e poupar alguns jogadores contra o Ituano

AE, Agencia Estado

12 de fevereiro de 2010 | 12h13

O técnico Ricardo Gomes resolveu fazer mistério nesta sexta-feira pela manhã no Centro de Treinamento da Barra Funda, ao proibir a imprensa de acompanhar parte do treino que comandou no São Paulo. Porém, o treinador confirmou em seguida que irá escalar o lateral-direito Cicinho como titular na partida deste sábado, contra o Ituano, em Itu, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

Cicinho fez a sua reestreia pelo São Paulo na última quarta-feira, quando entrou no segundo tempo da partida contra o Monterrey, do México, no Morumbi, no primeiro confronto do time pela Copa Libertadores de 2010.

E, mesmo com o curto período de treinos no time, já que chegou apenas quarta-feira ao Brasil depois de acertar sua saída por empréstimo da Roma, Cicinho já convenceu Ricardo Gomes de que está pronto para começar como titular contra o Ituano. "Cicinho sai jogando sim. Ele está num patamar diferente. Ele está bem fisicamente e começa jogando sim", disse Gomes, em entrevista para a TV Bandeirantes.

O treinador, porém, se negou a revelar a escalação titular do São Paulo que enfrentará o Ituano. Eles apenas admitiu que poupará alguns jogadores, já visando preservar a condição física do elenco do time que começa a focar o confronto do próximo dia 25, contra o Once Caldas, na Colômbia, pela Libertadores. "Dois ou três jogadores não deverão jogar", avisou o técnico.

Já ao explicar o fato de ter escondido parte do treino desta sexta-feira da imprensa, Ricardo Gomes disse que não poderia revelar ao público tudo que passou aos jogadores. "Foram apenas 12 ou 15 minutos (de treino secreto) para corrigir alguns erros e falar alguma coisa que não posso mostrar ao vivo", justificou.

Mas, independentemente da escalação que será escolhida por Ricardo Gomes contra o Ituano, o certo é que o volante Jean deixará de ser improvisado na lateral direita e deverá retornar ao meio-campo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.