Gómez diz que foi para a Fiorentina pensando na Copa

O atacante Mario Gómez explicou nesta segunda-feira a sua decisão de sair do Bayern de Munique, atual campeão europeu e alemão, para defender a Fiorentina, que terminou o último Campeonato Italiano em quarto lugar. O alemão acredita que, ao se transferir para um clube menor, ele vai ter mais tempo de jogo e, em consequência, mais chances de ficar em boas condições para a Copa do Mundo de 2014.

AE-AP, Agência Estado

15 de julho de 2013 | 15h34

"A minha transferência pode parecer estranha para algumas pessoas. Eu tinha tudo em Munique. Mas aqui eu tenho a chance de jogar em vista da Copa do Mundo", disse Gómez, que vinha sendo reserva no Bayern, durante a sua apresentação oficial na Fiorentina.

O atacante revelou que Pep Guardiola, novo treinador do Bayern, recomendou o clube de Florença para ele pelo estilo ofensivo de jogo desenvolvido pela Fiorentina na última temporada, o primeiro do time sob comando de Vincenzo Montella.

Contratado pela Fiorentina por cerca de 20 milhões de euros (aproximadamente R$ 58,7 milhões), Gómez marcou 112 gols em 172 jogos pelo Bayern nas últimas quatro temporadas. Agora, ele tentará manter a alta média de gols no futebol italiano para defender a seleção alemã na Copa do Mundo de 2014.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFiorentinaMario Gómez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.