Gomis nega manipulação em jogo do Lyon na Croácia

O atacante Bafetimbi Gomis, do Lyon, disse que a piscada de olho destinada a ele pelo defensor Domagoj Vida, do Dínamo Zagreb, durante o jogo de quarta-feira da Liga dos Campeões da Europa, disputado na Croácia, foi completamente inocente, negando que o ato seja um indício de que o resultado da partida tenha sido combinado. "Nós estávamos rindo em campo", mas "este jogo não foi manipulado", disse, ao jornal esportivo francês L''Equipe.

AE, Agência Estado

09 de dezembro de 2011 | 16h17

O Lyon derrotou o Dínamo Zagreb por 7 a 1 e se classificou com este surpreendente resultado para as oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Esta situação, combinada com a aparente facilidade com a qual o time francês marcou seis gols no segundo tempo, provocaram rumores de que a partida pode ter sido manipulada.

De acordo com a Uefa, o seu sistema de detecção de fraudes em apostas não detectou nenhuma suspeita. Por isso, inicialmente a goleada do Lyon não será investigada. A associação aguarda o recebimento do relatório da arbitragem sobre a partida para decidir se abre uma apuração sobre o caso.

Na quarta, o Lyon conseguiu a classificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões com a expressiva goleada somada ao triunfo do Real Madrid por 3 a 0 sobre o Ajax, na Holanda. Assim, ficou em segundo lugar no Grupo D. Ajax e Lyon ficaram com os mesmos oito pontos na chave, também com igualdade no primeiro critério de desempate: confronto direto. Assim, a classificação foi definida através do saldo de gols, no qual o time francês ficou na frente da equipe holandesa, com 2 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.