Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Götze e Gündogan são novidades na Alemanha para amistosos com Inglaterra e França

Meia do Borussia Dortmund, que marcou o gol do título da Copa de 2014, estava há um ano sem ser convocado

Estadão Conteúdo

03 Novembro 2017 | 12h42

O treinador da Alemanha, Joachim Löw, decidiu chamar novamente - depois de quase um ano sem atuar pela seleção nacional - os meio-campistas Mario Götze, do Borussia Dortmund, e Ilkay Gündogan, do Manchester City, para os dois amistosos que o país fará contra Inglaterra e França, nos dias 10 e 14 de novembro, em Londres e Colônia, respectivamente.

+ Convocação de Portugal para amistosos poupa Cristiano Ronaldo

"Mario Götze e Ilkay Gündogan se estabilizaram após a ausência forçada. Eles desempenham papéis fundamentais para seus clubes e encontraram seus passos. Já mostraram o quão importante são para qualquer equipe quando estão em forma. Estamos muito satisfeitos por tê-los de volta conosco", explicou Löw em entrevista publicada no site da Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla em alemão).

A convocação alemã para os amistosos contra os europeus incluiu oito jogadores que estiveram na campanha do título da Copa de 2014, no Brasil, em final vencida contra a Argentina, no Maracanã, por 1 a 0, com gol de Götze, jogador mais novo a marcar em uma final de Mundial - tinha 21 anos à época.

Foram relacionados ainda pelo técnico Joachim Löw para as partidas contra ingleses e franceses 16 atletas que participaram da conquista da Copa das Confederações, disputada em junho deste ano, na Rússia. Os alemães venceram o Chile na decisão, também pelo placar mínimo.

Joachim Löw considera os amistosos ótimos testes para os seus comandados. "Vamos encontrar dois oponentes de grande nível e será um bom teste que nos proporcionará boas informações sobre a Copa do Mundo. O futebol inglês progrediu enormemente e a França tem muitos jogadores excelentes", finalizou o treinador alemão.

A Alemanha se classificou para a Copa como campeã do Grupo C das Eliminatórias Europeias com 100% de aproveitamento - o time nacional venceu todos os dez jogos disputados. Inglaterra e França também terminaram o qualificatório para o Mundial com líderes de suas respectivas chaves.

Confira a lista de convocados da Alemanha:

Goleiros: Bernd Leno (Bayer Leverkusen), Marc-André ter Stegen (Barcelona) e Kevin Trapp (Paris Saint-Germain);

Defensores: Jérôme Boateng (Bayern de Munique), Matthias Ginter (Borussia Mönchengladbach), Marcel Halstenberg (RB Leipzig), Mats Hummels (Bayern de Munique), Joshua Kimmich (Bayern de Munique), Marvin Plattenhardt (Hertha Berlin), Antonio Rüdiger (Chelsea) e Niklas Süle (Bayern de Munique);

Meio-campistas: Emre Can (Liverpool), Mario Götze (Borussia Dortmund), Ilkay Gündogan (Manchester City), Sami Khedira (Juventus), Toni Kroos (Real Madrid), Mesut Özil (Arsenal), Sebastian Rudy (Bayern de Munique), Leroy Sané (Manchester City) e Amin Younes (Ajax);

Atacantes: Julian Brandt (Bayer Leverkusen), Julian Draxler (Paris Saint-Germain), Lars Stindl (Borussia Mönchengladbach), Timo Werner (RB Leipzig) e Sandro Wagner (Hoffenheim).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.