Governador de La Paz faz homenagem ao Atlético-MG

Depois de uma recepção calorosa no aeroporto, o Atlético Mineiro voltou a receber atenção especial dos bolivianos nesta terça-feira. Ronaldinho Gaúcho, Réver, o técnico Cuca e membros da diretoria foram homenageados pelo governador do Departamento de La Paz, César Hugo C. Yana, na véspera da partida contra o The Strongest, pela Copa Libertadores.

AE, Agência Estado

12 de março de 2013 | 19h00

Na homenagem, durante almoço no hotel onde a delegação atleticana está hospedada, Ronaldinho vestiu trajes típicos da Bolívia, ganhou presentes e posou para fotos, assim como Cuca e Réver. "Fico muito feliz pela homenagem. Para mim, é uma honra ser reconhecido e bem recebido aqui na Bolívia", afirmou o meia-atacante.

Ao entregar os presentes, o governador exaltou o bom relacionamento entre os dois países. "É um prazer receber o Atlético Mineiro aqui na Bolívia. Estamos muito felizes e esperamos que estejam tendo uma ótima estada. Tenho a certeza de que, amanhã, teremos um grande jogo", declarou.

Cuca reforçou as palavras do político local. "Cada vez mais, é necessário que o futebol seja um importante motivador da paz. Futebol é isso, é esporte, entretenimento, o resto, as coisas ruins, devem ser banidas", destacou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.