Governo anuncia restrições para voos sobre estádios na Copa

Estádios da competição serão consideradas áreas de exclusão aérea em determinados horários

Tânia Monteiro, O Estado de S. Paulo

13 de março de 2014 | 19h01

BRASÍLIA – O governo lançou nesta quinta-feira um guia informando as restrições para o uso do espaço aéreo durante a Copa do Mundo, no período de 10 de junho a 15 de julho, que atingirão cerca de 25 aeroportos brasileiros. Durante a abertura da Copa do Mundo, que será realizada na Arena Corinthians em São Paulo (SP), no dia 12 de junho, com o jogo Brasil e Croácia, o espaço aéreo sobre o estádio onde será realizado o jogo às 17 horas, será fechado entre às 14h e às 21h.

Todos os estádios onde forem realizados jogos serão consideradas áreas de exclusão aérea, mas o horário de interrupção de voos sobre aquele espaço será definido estado a estado. Esta experiência já foi realizada durante a Copa da Confederações. Segundo a Aeronáutica, tudo foi detalhadamente estudado para que se possa garantir total segurança durante o jogos da Copa mas também evitar o mínimo de danos possíveis ao tráfego aéreo.

Por isso mesmo, as regras de fechamento dos espaços irão variar de aeroporto para aeroporto. O período de entrada em vigor das áreas de exclusão aérea dependerá do horário dos jogos. Em geral, a abertura e encerramento das áreas de exclusão serão de três horas antes e quatro horas após o início do jogo. Ainda de acordo com a FAB, para os jogos da primeira fase da competição, o tempo de restrição será de uma hora antes e três horas depois. Nas demais fases, uma hora antes e quatro horas depois. Todos os acertos, segundo a FAB foram feitos em conjunto com a Secretaria de Aviação Civil e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.