Rodrigo Corsi/Federação Paulista de Futebol
Rodrigo Corsi/Federação Paulista de Futebol

Governo de São Paulo suspende o Campeonato Paulista por 15 dias por causa da pandemia

Decisão passa a valer a partir da próxima segunda-feira; Federação Paulista convoca reunião para debater futuro do torneio

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

11 de março de 2021 | 13h13

O governo de São Paulo anunciou nesta quinta-feira que o Campeonato Paulista será suspenso por causa do aumento de casos da covid-19 no Estado. A decisão começa a valer na próxima segunda-feira e valerá por 15 dias. A medida atinge também outras atividades esportivas coletivas, como basquete, tênis e outras modalidades. Pela nova determinação, até mesmo os treinos estão proibidos.

Diante dessa determinação, a Federação Paulista de Futebol (FPF) marcou para as 15h desta quinta-feira uma reunião online com clubes para debater como ficará a disputa do Estadual. Entre as possibilidades está disputar algumas das partidas nesse período em outro Estado.

A possibilidade de suspensão do Estadual já era cogitada há dias. O Ministério Público (MP) de São Paulo sugeriu no início da semana a paralisação do torneio. Doria e os clubes se reuniram na quarta-feira para discutir a possibilidade, porém no mesmo dia a posição do governo estadual foi de manter o calendário. No entanto, essa posição logo acabou revista.

"Nessa fase emergencial, tem um desgaste para toda a sociedade para preservar a vida. Quanto ao futebol, estamos atendendo uma recomendação do Ministério Público Estadual", explicou o membro do centro de contingencia da covid-19 em SP, José Medina. "Para esse fim de semana, os jogos do campeonato paulista estão preservados. Seguiremos com um bom diálogo com a Federação Paulista de Futebol. O contato não será cessado por causa das decisões anunciadas", afirmou o governador de São Paulo, João Doria.

A paralisação determinada nesta quinta-feira impacta 26 jogos do Estadual previstos para serem disputados entre 15 e 30 de março. Além da primeira divisão do Campeonato Paulista, a medida se reflete também na Copa do Brasil. Para a semana que vem estavam previstos duas partidas pelo torneio, ambas no interior do Estado: Marília x Criciúma e Mirassol x Red Bull Bragantino.

No ano passado, o Estadual também foi suspenso no mês de março. Há cerca de um ano, a paralisação por tempo indeterminado durou quatro meses e teve início ao fim da 10ª das 12 rodadas previstas para a primeira fase da competição. O retorno do calendário foi em julho, após a adoção de uma série de cuidados com a testagem, isolamento social dos times e partidas com os portões fechados.

PERGUNTAS E RESPOSTAS

O Campeonato Paulista pode ser disputado em outro Estado?

Sim. Dentro do regulamento, não há proibição para essa possibilidade. As equipes vão discutir essa alternativa para prosseguir com o calendário.

A decisão do governo paulista afeta outras competições?

Sim. A Copa do Brasil tem dois jogos previstos para a próxima semana no interior do São Paulo. A CBF ainda não explicou o que será feito.

É possível que o torneio seja cancelado por causa da pandemia?

Isso é muito improvável. Para garantir o recebimento de verbas de patrocínio e cotas de TV, os clubes e a FPF vão fazer um grande esforço para garantir a realização das partidas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.