Michael Bradler/AFP
Michael Bradler/AFP

Governo de Senegal dará mais de US$ 400 mil à seleção sub-20

Equipe africana foi eliminada nas semifinais do Mundial Sub-20

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2015 | 10h02

A seleção sub-20 de Senegal pode não ter conquistado o título do Mundial da categoria, mas não ficará de mãos vazias após a campanha que terminou nas semifinais da competição. Nesta quarta-feira, o governo do país prometeu dar mais de US$ 400 mil à equipe por conta do resultado obtido na Nova Zelândia.

O presidente Macky Sall anunciou que premiará os jogadores e a comissão técnica com 125 milhões de francos CFA (R$ 655,7 mil). O ministro do Esporte do país, então, não ficou atrás e afirmou que igualaria o montante. Com isso, os jogadores receberão cercam de R$ 50,8 mil cada.

Mesmo sem o título, os jogadores foram recebidos como verdadeiros campeões no país na última segunda-feira, festejados por milhares de pessoas. Na terça, tiveram um encontro com Macky Sall. O presidente, então, declarou que a seleção teve uma "jornada memorável" e que trouxe "honra para o país".

Depois de uma primeira fase sofrida, com apenas uma vitória em três jogos e a classificação como um dos melhores terceiros colocados, o Senegal arrancou na fase final. Eliminou a Ucrânia nas oitavas, nos pênaltis, Usbequistão nas quartas, por 1 a 0, e só caiu nas semifinais diante de um inspirado Brasil, com uma goleada por 5 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.