Fabio Motta|Estadão
Fabio Motta|Estadão

Governo do Estado do Rio vai recorrer de decisão que exige torcida única

Para o secretário Thiago Pampolha, a medida é 'inaceitável'

Estadao Conteudo

17 Fevereiro 2017 | 21h14

A Secretaria Estadual de Esporte e Lazer do Rio vai recorrer da decisão do juiz Guilherme Schiling, do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos do Rio, que determinou torcida única nos clássicos do Campeonato Carioca. Para o secretário Thiago Pampolha, a decisão é "inaceitável".

"Sou absolutamente contra essa decisão, que considero radical e anti-esportiva. Ela acaba com o próprio espírito do futebol. Os jogos têm que permanecer como são hoje, com duas torcidas. Já conversei com o procurador-geral do Estado, Leonardo Espíndola, pedindo para que entre com recurso", afirmou.

O secretário pretende que a medida seja revista antes da semifinal da Taça Guanabara, marcada para o próximo fim de semana. Há a possibilidade de Flamengo e Vasco se enfrentarem e, se isso acontecer, o Fla teria o mando de campo. No Campeonato Carioca de Basquete, o presidente cruzmaltino, Eurico Miranda, preferiu a derrota por W.O. na decisão a jogar com torcida única.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.