David Fernández/EFE - 16/8/2011
David Fernández/EFE - 16/8/2011

Governo venezuelano adquire direitos de transmissão das Eliminatórias da Copa

Investimento será de R$ 4 milhões para transmitir os jogos na tevê aberta da rede estatal

17 de agosto de 2011 | 10h57

CARACAS - O Governo venezuelano, liderado pelo presidente Hugo Chávez, aprovou nesta terça-feira um gasto equivalente a R$ 4 milhões para adquirir os direitos de transmissão televisiva das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, que começam em dois meses.

"Todos os venezuelanos e venezuelanas poderão aproveitar gratuitamente as Eliminatórias através da 'TVes', uma das emissoras de sinal aberto da rede estatal de televisão", declarou à imprensa o ministro dos Esportes do país, Héctor Rodríguez, após uma reunião do Conselho de Ministros de Chávez.

A emissora de televisão "TVes" (Televisora Venezolana Social) transmite na frequência usada durante meio século pela emissora privada "RCTV", que em 2008 não recebeu do Governo a renovação do direito de operar na Venezuela, após ser acusada de subversiva por Chávez.

Segundo Rodríguez, o Conselho de Ministro aprovou o desembolso dos cofres públicos de 10,97 milhões de bolívares (R$ 4 milhões) para o efeito, do total de 1,577 bilhão de bolívares (R$ 585 milhões) aprovados nesta terça-feira para diversas obras sociais.

"Enquanto em outros países do mundo a crise capitalista está afetando as políticas públicas e a qualidade de vida dos povos, o Governo continua aprovando recursos para melhorar a qualidade do povo venezuelano", declarou o ministro dos Esportes.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa-2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.