Jesus Diges/EFE
Jesus Diges/EFE

Grade cede e fere torcedores em jogo do Espanhol

Incidente acontece após a comemoração do primeiro gol do Osasuna

Agência Estado

18 de maio de 2014 | 14h36

PAMPLONA - O duelo entre Osasuna e Betis, em Pamplona, pela última rodada do Campeonato Espanhol, neste domingo, por pouco não se transformou em uma grande tragédia. Logo aos 12 minutos do primeiro tempo, quando Oriol Riera abriu o placar para o time da casa, uma das grades do estádio El Sadar cedeu durante a comemoração, deixando torcedores feridos.

Os torcedores do Osasuna faziam uma espécie de "avalanche" para celebrar o gol quando a grade quebrou. Muitos deles caíram diretamente no gramado. Os médicos foram acionados rapidamente e prestaram pronto atendimento. Os próprios jogadores tentavam tirar os torcedores de campo. Três deles precisaram ser levados de maca e pareciam ter quadros mais preocupantes.

Foram cerca de 35 minutos de espera. Somente com todos os torcedores retirados e com a certeza de segurança para os que seguiram no estádio, foi reiniciada a partida. Rapidamente, o paraguaio Javier Acuña anotou o segundo gol para o Osasuna.

O duelo é muito importante para o Osasuna, que luta contra o rebaixamento - o Betis já caiu. Outras três partidas envolvendo times que brigam para não serem rebaixados começaram na mesma hora e, para que as quatro também terminem juntas, a liga espanhola decidiu retardar o início do segundo tempo delas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.