Divulgação
Divulgação

Grafite balança as redes e Santa Cruz vira em cima do Mogi Mirim

Atacante marca pelo segundo jogo consecutivo no Arruda

Estadão Conteúdo

11 Agosto 2015 | 21h28

O "efeito Grafite" está contagiando a todos no Recife, especialmente no Santa Cruz. Na segunda partida do atacante em campo, nesta terça-feira, o time tricolor venceu o Mogi Mirim de virada, por 2 a 1, no estádio do Arruda, na capital pernambucana, e, de quebra, marcou um dos gols. O jogo foi válido pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com os três pontos, o Santa Cruz chegou aos 28, na sétima colocação. Por sua vez, o Mogi Mirim segue na zona de rebaixamento, na vice-lanterna com 15, acumulando o quarto jogo sem vitória, com dois empates e duas derrotas.

Com apoio do seu torcedor e Grafite em campo, o Santa Cruz começou pressionando o Mogi Mirim, mas foi surpreendido aos 13 minutos, com o time paulista abrindo o placar. Edson Ratinho cruzou na pequena área e, de carrinho, Serginho desviou para o gol. Tiago Cardoso fez uma boa defesa, nos pés de Geovane, que só tocou para o gol.

Os torcedores compareceram para ver Grafite e, aos 19 minutos, ele não decepcionou. Após cruzamento, Danny Morais desviou na primeira trave e o centroavante, também de cabeça, desviou para o fundo das redes.

A pressão era muita e, aos 28 minutos, o time tricolor virou. Lelê recuperou a bola na área e foi derrubado por Léo Bartholo. Na cobrança, Anderson Aquino não decepcionou e balançou as redes.

No segundo tempo, o Mogi Mirim voltou melhor e pressionou tentando de todo modo chegar ao gol de empate. Aos 12 minutos, Luan recebeu passe de Serginho e cara a cara com Tiago Cardoso tentou tirar muito do goleiro, batendo para fora.

O Mogi Mirim era todo ataque, tentando o gol de empate, mas aos 40 minutos o Santa Cruz quase fez o terceiro. Grafite roubou a bola e cruzou para Luisinho, que na pequena área, de frente para Mauro, bateu por cima, perdendo chance incrível.

Pela 19.ª rodada, nesta sexta-feira, o Santa Cruz faz um duelo nordestino contra o Vitória, novamente no Recife, às 21h30, enquanto que o Mogi Mirim joga contra o Luverdense, no sábado, às 16h30, em casa.

FICHA TÉCNICA

SANTA CRUZ 2 x 1 MOGI MIRIM

SANTA CRUZ - Tiago Cardoso; Vítor (Moradei), Danny Morais, Neris e Lúcio (Marlon); Wellington Cézar, Bileu, Lelê e João Paulo; Anderson Aquino (Luisinho) e Grafite. Técnico: Marcelo Martellote.

MOGI MIRIM - Mauro; Edson Ratinho, Fábio Sanches, Paulão e Luan (Michel); Magal, Franco e Léo Bartholo (Gustavo Costa); Geovane (Júnior Juazeiro), Serginho e Rivaldo Junior. Técnico: Sérgio Guedes.

GOLS - Geovane, aos 13, Grafite, aos 19, e Anderson Aquino (pênalti), aos 29 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Grafite (Santa Cruz); Mauro, Paulão, Léo Bartholo e Geovane (Mogi Mirim).

ÁRBITRO - Andrey da Silva e Silva (PA).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio do Arruda, no Recife (PE).

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.