Grafite e Gomes são as surpresas de Dunga na lista do Brasil para a Copa

Os dois foram convocados com estrelas como Lúcio, Kaká e Júlio César para a disputa do Mundial de 2010, na África do Sul; quase todos devem se apresentar em 21 de maio, em Curitiba

MILTON PAZZI JR., estadão.com.br

11 Maio 2010 | 13h05

Com duas surpresas - Grafite (Wolfsburg), com a consequente ausência de Adriano (Flamengo), mais o goleiro Gomes (Tottenham) -, os 23 jogadores que vão defender a seleção brasileira na Copa do Mundo 2010, na África do Sul, foram anunciados pelo técnico Dunga, nesta terça-feira no Rio. 

Veja também:

especialESPECIAL - Os 23 convocados

linkLula apoia convocação de Dunga, diz ministro

linkGrafite soube aproveitar oportunidade na seleção

link'Tenho de avaliar jogadores quando estão na seleção', diz Dunga

linkBrasil pode repetir zaga titular pela 1ª vez em Copas na história

linkUsuários fazem piada sobre convocação no twitter

linkPresidente Lula achou positiva a convocação

forum ENQUETE - Você aprova a lista de Dunga?

video TV ESTADÃO - A convocação da seleção

blog BATE-PRONTO - Duas surpresas e coerência na lista

tabela Confira todos os jogos e horários do Mundial

especial ESPECIAL - Simule as partidas do Mundial

especial MAIS - Tudo sobre a Copa 2010

Mantendo a coerência que sempre exaltou nas entrevistas coletivas, ele confirmou a ida dos principais jogadores, como Kaká, Júlio César, Lúcio e Luís Fabiano. Três nomes bastante comentados ficaram ausentes da lista: o meio-campista Ronaldinho Gaúcho (Milan) e a dupla do Santos Neymar e Paulo Henrique Ganso.

Além destes 23 nomes, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai entregar uma lista com mais sete nomes, que serão os substitutos caso alguém seja cortado. Os escolhidos são:  Marcelo (lateral-esquerdo, Real Madrid), Sandro (volante, Internacional), Alex (zagueiro, Chelsea), Carlos Eduardo (meio-campista do Hoffenheim), Ronaldinho (meio-campista do Milan), Paulo Henrique Ganso (meio-campista do Santos) e Tardelli (atacante, Atlético Mineiro).

Agora, o grupo de jogadores se prepara para a apresentação em Curitiba (PR), em 21 de maio, onde o time treinará por cinco dias no Centro de Treinamentos do Cajú (pertencente ao Atlético-PR). Nem todos devem se apresentar, já que o futebol europeu ainda tem finais de campeonato neste período. Depois, viajam para a África do Sul, onde ficarão em Johannesburgo.

A estreia no Mundial será contra a Coreia do Norte, no dia 15 de junho, no Estádio Ellis Park. Depois, o Brasil enfrenta a Costa do Marfim, no dia 20 de junho, no Soccer City. E, no encerramento da primeira fase do Mundial, troca de cidade: encara Portugal, no dia 25 de junho, em Durban.

Atualizado às 18h01 para acréscimo e atualização de informações

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.