Grafite promete "ajudar" Luís Fabiano

Do alto de seus 1,89m de altura, o atacante Grafite confessa: ?Não sou bom no cabeceio?. Mas o que poderia ser uma grave deficiência técnica, explica o ponto forte do novo atacante do São Paulo. ?Tenho muita explosão, velocidade. Gosto de fazer jogadas de linha de fundo. É difícil um jogador do meu tamanho ter tanta velocidade?, revela. Este é o segredo para uma boa dupla de ataque, segundo Grafite. Será ele o preparador de jogadas para o ?matador? Luís Fabiano. ?Espero preparar muitas jogadas para ele marcar?, disse. Foi assim com Dimba, no Goiás, no ano passado. Dimba foi o artilheiro ? 31 gols. Grafite marcou só 12, mas despertou o interesse de várias equipes e acertou com o São Paulo.Desses 12 gols, apenas um foi de cabeça. ?Não tive muito trabalho de base, mas tenho feito treinamentos para melhorar nesse fundamento?, justifica o jogador. Grafite sabe o que é defender um time grande. Jogou no Grêmio em 2002, mas não mostrou um bom futebol. Ele se justifica: ?Eu me machuquei, fiquei três meses parado. Quando me recuperei, o Luizão e o Luís Mário estavam em boa fase e eu não tive seqüência de jogos no Grêmio.?Agora no São Paulo, Grafite tem um trunfo: o técnico Cuca e os colegas Fabão e Danilo, que atuaram pelo Goiás e também acertaram com o Tricolor. Foi Cuca quem mandou buscá-lo no futebol coreano para o Goiás. ?Ele me telefonou e disse que o time do Goiás era bom, mas não ganhava. Eu acreditei e deu no que deu. Até nós nos surpreendemos com a campanha do segundo turno?, disse o jogador, que faz elogios a Danilo: ?Nós nos entendemos bem. É um bom lançador.?Grafite também prioriza a conquista da Libertadores no primeiro semestre, mas faz questão de deixar o favoritismo para o Cruzeiro. Do Grêmio, Grafite traz uma lição: ?Em 2002, priorizamos a Libertadores. Quando fomos desclassificados, não dava mais tempo para fazer nada nos outros torneios.?

Agencia Estado,

12 de janeiro de 2004 | 09h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.