Gramado dos Aflitos preocupa Atlético-PR

O Atlético Paranaense enfrenta o Náutico, sábado, em Recife, ciente de que terá uma complicação extra além do adversário e dos desfalques de Paulo Baier e Valência: o gramado dos Aflitos. Para o volante Rafael Miranda, a equipe precisará se adaptar ao campo.

AE, Agencia Estado

26 de agosto de 2009 | 16h57

"Jogar lá (nos Aflitos) tem uma peculiaridade. É sempre um jogo difícil, ainda mais que é um campo pesado e o gramado não é dos melhores, infelizmente. Mas temos que saber jogar e respeitar o adversário", assegurou o volante, comentando em seguida sobre os dois importantes desfalques do Atlético-PR.

"São dois jogadores que vinham muito bem, acho que nossa equipe vai sentir falta deles (Paulo Baier e Valência). Mas uma hora isso ia acontecer. É nesse momento que avaliamos a força do plantel, tenho certeza que quem entrar vai fazer o máximo e nos ajudar", opinou Rafael Miranda.

Depois das últimas boas partidas apresentadas pela equipe, o volante pediu para os jogadores repetirem a organização tática. "Temos que ter empenho e organização dentro de campo, esse tem sido nosso ponto forte nesses últimos jogos. Temos que cumprir bem as funções táticas que o Lopes nos pedir", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.