Grandes do Rio aprovam Liga Rio-SP

Em reunião realizada na noite desta terça-feira, no hotel Le Meridien, os presidentes do Flamengo, Edmundo Santos Silva, do Fluminense, David Fischel, e do Botafogo, Mauro Ney Palmeiro, decidiram apoiar a criação da Liga de Futebol RJ-SP somente com oito sócios fundadores. "Vão se somar a nós três o Vasco, além dos quatro grandes times paulistas (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo)", disse o dirigente flamenguista.A previsão é a de que, na segunda-feira, aconteça uma reunião entre os clubes dos dois estados para a elaboração final dos estatutos da Liga. Segundo Edmundo Silva, a presidência da nova entidade será ocupada pelo presidente da Federação Paulista de Futebol, Eduardo Farah. "Nós não contestamos a gerência dele", afirmou o presidente do Flamengo. "O que falta acertar são detalhes como, por exemplo, a divisão de cotas. O Flamengo tem que receber uma participação maior do que os outros clubes", disse.O Vasco foi o único ausente na reunião. Segundo o presidente vascaíno, Eurico Miranda, que está em Brasília, o clube somente participará das negociações quando "todos os interessados" estiverem reunidos. O dirigente informou que já conversou com Farah e comunicou a sua decisão.Com relação à criação da Liga Nacional, os presidentes dos três grandes times do Rio informaram que está previsto um encontro em Belo Horizonte, no sábado, para tratar do tema.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.